Os aproxime. E a frase está certa sim, se for usada para explicar como um casal  se conheceu da forma mais inusitada que já ouvi falar. Depois de perder a noiva em um acidente ás vésperas do casamento, um russo de 26 anos acreditava que tinha perdido o sentido da vida e, estava decidido a acabar com sua dor. Mas ele não era o único que se encontrava nesse barco. Uma moça de 21 anos que engravidou e foi expulsa da casa dos pais que não aceitaram a situação, teve essa mesma triste ideia.

        Mas como diria Joseph Climber “a vida é uma caixinha de surpresas” e o destino encarregou-se de tornar alegria o que era tristeza. A ponte da cidade de Ufa (Rússia) que estava prestes a ser o cenário de uma tragédia em dose dupla mudou a cena de forma inesperada. Os dois jovens que ali estavam com intenções suicidas, se conheceram e depois de muito tempo de conversa, encontraram uma alternativa muito mais feliz: ao invés de acabar com duas vidas iriam formar uma vida nova juntos. Ironia ou não o destino  uniu esses  dois corações partidos. Estão namorando e já fazem planos para o casamento.

        Fatos assim por mais bizarros que pareçam ser, só vem a  confirmar que apesar de toda dor e dificuldades a solução sempre aparece e muitas vezes está bem debaixo do nosso nariz. Pode não ser quando e como havíamos pensado, mas o importante é não desistir. E não deixar que seu final feliz despenque ponte abaixo.

Você pode conferir a notícia completa aqui: R7

Anúncios