Tags

, , ,

‘ Eu serei musgo para você pisar

deite-se em mim meu amor, chore

em mim, e ficarei aveludada,

mais tenra…Musgo, não é? Não sei

por que agora quero ser planta, eu

que fui mineral. Dura como pedra’.

( ‘Os mortos’, Lygia Fagundes Telles )