Tags

, , , , , , , , , , , ,

Supercalifragilisticexpialidocious: Mary Poppins é assim! A babá mais famosa de todos os tempos que também já serviu de inspiração pra muitas outras, nunca perdeu espaço apesar dos anos. Nunca entendia o porquê minha amiga Ro gostava tanto desse filme, mas agora que assisti eu sei. Ele é um clássico infantil e é surpreendente os efeitos utilizados em suas filmagens  levando-se em conta o ano de seu lançamento, 1964 pela Walt Disney. A cena em que Mary chega com os pés tortos e com o guarda-chuva é emocionante, sério. Dá aquela sensação boa de voltar a ser criança e ficar na expectativa de saber de que jeito ela vai resolver as coisas. Jane e Michael, filhos de um banqueiro turrão são tratados como miniaturas de gente grande e a doce Mary Poppins vem pra mudar isso. Não podendo esquecer de Bert, amigo de Mary que sempre está junto nos momentos de diversão. Mostrei partes do filme pros meus priminhos e eles adoraram. Assim que possível vou dar o filme pra eles e comprar um pra mim também. Um show a parte é a interpretação de Julie Andrews (adoro ela) que é super novinha e já  revela um grande talento.

SINPOSE: Em 1910, em Londres, o banqueiro Mr. Banks, um homem frio que trata com rigidez Jane e Michael, seus filhos sapecas, não consegue contratar uma babá, pois elas desistem facilmente do emprego. Numa noite, enquanto redige com sua esposa um anúncio de jornal procurando uma babá, sua filha Jane aparece com uma carta mostrando como seria uma babá perfeita. Esta carta acaba chegando nas mãos de Mary Poppins, que é tudo aquilo que está descrito na carta. Mary Poppins possui poderes mágicos e, com seu amigo faz-tudo Bert, transforma a vida daquela família, com muita música, magia e diversão.

O filme ocupa a sexta colocação na Lista dos 25 maiores musicais americanos de todos os tempos, divulgada em 2006. Não é a toa que faturou o Oscar em 1965 (entre outros prêmios) nas categorias: melhor atriz (Julie Andrews), melhores efeitos visuais, melhor edição, melhor canção original e melhor trilha sonora substancialmente original. E foi indicado como melhor direção de arte – colorido, melhor fotografia – colorido, melhor figurino – colorido, melhor diretor, melhor filme, melhor som, melhor roteiro adaptado e melhor trilha sonora adaptada.

Minhas músicas preferidas do filme são: A Spoonful of Sugar (interpretada por Julie Andrews), Supercalifragilisticexpialidocious (interpretada por Julie Andrews e Dick van Dyke) e Step in Time (interpretada por Dick van Dyke).